Sorrisos

A personalização do sorriso – visagismo

Para compreendermos o Visagismo temos de perceber e compreender o que é estética.
A palavra estética vem do grego aisthésis – percepção, sensação, sensibilidade.
Objetivamente fundamenta-se no que é o conceito de percepção e na sensação do que é considerado beleza. Dedica-se à avaliação das diversas formas de sentir a arte, as cores, as imagens, os costumes. Proporcionando uma sensação de prazer e deleite depois de observados através dos vários sentidos.
O Belo depende do que é considerado pelos costumes de cada época ou sociedade. Neste plano, a comunicação social tem contribuído fortemente neste conceito de Estética, levando assim ao termo Visagismo.

Hoje em dia temos assistido, cada vez mais, a uma crescente preocupação no que diz respeito à Estética Dentária. Numa sociedade onde o sorriso tornou-se o principal cartão de visita, é inconcebível a ausência de peças dentárias ou o chamado “sorriso amarelo”.

Com esta crescente procura pelo sorriso perfeito, o conhecimento e as técnicas ao dispor dos médicos dentistas têm aumentado nos últimos anos.

A personalização de um sorriso requer uma vasta análise pelo Médico Dentista, quer seja extra-oral ou intra-oralmente.

Do ponto de vista extra-oral, é realizado uma série de documentação fotográfica do paciente em diferentes planos e perspectivas, com posturas estáticas e movimentos dinâmicos que nos permitem avaliar toda a harmonia de um sorriso.

Intra-oralmente, é efetuada uma sequência fotográfica para avaliar toda a estrutura dento-alveolar, assim como as relações inter-maxilares presentes.

Todos estes registos fotográficos irão permitir ao Médico Dentista, num tempo posterior ao da consulta, permitindo com calma e o maior rigor científico, definir o melhor plano de tratamento possível para o paciente em questão.

A nossa equipa clínica do CERO, nomeadamente o departamento de Estética Oral, tendo feito parte da sua formação na Universidade Internacional da Catalunha (UIC) em Barcelona, tem como bases para as suas análises estéticas os conceitos e as guidelines publicadas pelo Prof. Dr. Mauro Fradeani no livro Reabilitação Estética em Prostodontia Fixa.

Para tal, damos especial importância à análise estética descrita no seu livro, onde a partir de fotografias em repouso, sorriso máximo, laterais a 45º e 90º, atentamos às linhas e proporções faciais que caracterizam cada paciente. Estas referências vão permitir-nos guiar na construção de cada sorriso, tanto ao nível da linha média como exposição dentária em repouso ou sorriso máximo.

O registo fotográfico intra-oral, para além do que já foi descrito anteriormente, vai permitir-nos analisar com maior precisão todos os dentes, assim como a relação entre eles.

Outro recurso, não menos importante, é a realização de um pequeno vídeo do paciente a interagir/falar com a equipa clínica permitindo-nos avaliar todo o dinamismo do sorriso, e a relação entre os dentes, gengiva e lábios.

Nos últimos anos, têm sido desenvolvidas diferentes técnicas para planear cada sorriso. Uma das ferramentas utilizadas pela equipa clínica do CERO, é o Digital Smile Design, criado pelo Drº Christian Coachman. Este protocolo polivalente oferece inúmeras vantagens:

– Facilidade de diagnóstico através de uma avaliação estética e estrutural tanto intra como extra-oralmente;

– Comunicação melhorada entre os membros da equipa, proporcionando uma melhor percepção visual, educação e motivação para os pacientes;

– Maior eficácia no planeamento e apresentação do caso;

– Eficiência clínica e previsibilidade através da tecnologia digital.

Digital Smile Design, tem a capacidade de envolver os pacientes no processo restaurador e estético, tornando-os num dos principais arquitectos do seu próprio tratamento, onde existe a possibilidade de partilhar objectivos, expressar os seus desejos e expectativas com a equipa restauradora.

É importante referir, que o Digital Smile Design é um primeiro planeamento virtual, que numa fase posterior nos irá permitir criar um conjunto de peças provisórias (mock-up) que irão ser colocadas em boca para o paciente fazer um “test-drive”.  O tempo de utilização deste mock-up poderá ser variável, dependendo se são necessárias alterações ou ajustes ao projecto inicial. Uma vez que o paciente se sinta confortável e satisfeito com a forma, tamanho, exposição dos seus novos dentes, poderemos começar a avançar com a confecção dos novos dentes.

No que diz respeito à escolha e formato dos dentes, existem algumas diretrizes que nos guiam para a confecção dos novos dentes. Desde o primeiro dia em que o paciente chega à clínica CERO, começamos uma profunda análise às suas características de personalidade, bem como aos seus desejos e expectativas. Todos estes fatores são cuidadosamente observados. Segundo Paulucci et al., as características de cada personalidade são refletidas nos formatos dos nossos dentes, conforme podemos observar na seguinte imagem.

Portanto, tendo estas características em consideração podemos apresentar a seguinte proposta para a reabilitação oral de cada perfil psicológico:

Atualmente, ter uma cavidade oral sem problemas biológicos e funcionais já não é suficiente para a maioria dos pacientes. Cada vez mais, a sua vontade é ter sorrisos naturalmente bonitos e em harmonia com as suas características físicas e, mais importante, com a sua personalidade.

A nossa equipa clínica do CERO está ciente de todos os fatores que contribuem para tornar os nossos pacientes mais satisfeitos para além das técnicas convencionais. Cada sorriso personalizado pode ser facilmente visualizado e melhorado com os ideais de cada paciente. 

O Visagismo é, sem dúvida, um conceito muito importante para a medicina dentária, pois visa a reconstrução de sorrisos personalizados utilizando a arte visual. Tem como objetivo projetar minuciosamente um sorriso que expresse a identidade do paciente, o seu estilo de vida e a sua personalidade. Dessa forma, a harmonia do sorriso será alcançada, atingindo ou até mesmo superando a expectativa do paciente. Isso fará com que haja uma melhoria na sua auto-estima e traga benefícios incalculáveis na sua vida de cariz pessoal, familiar e social. 

Dr. André Furtado

Dr. André Furtado

- Professor Convidado do Master em Estética Dentária – Universidade Internacional da Catalunha (UIC, Barcelona);
- Master em Estética Dentária 2017-2019 – Universidade Internacional da Catalunha (UIC, Barcelona);
- Formação em Reabilitação Oral no Centro de Formação Prof. Dr. Fernando Almeida em 2017 – Clínica Dentária Infante Sagres (Lisboa, Portugal);
- Curso Modular de Dentisteria no Centro de Formação Contínua da OMD em 2015 (Lisboa, Portugal);
- Participação em diversos Seminários e Congressos nacionais e internacionais (Congresso da OMD; SPEMD; SEPES);
- Inscrito na Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) com a cédula profissional nº 8904;
- Monitor no departamento de Reabilitação Oral 2012-2013 – ISCSEM (Almada, Portugal);
- Médico Dentista pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz (Almada, Portugal).

Partilhe o nosso artigo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Siga-nos

Outros artigos

Caso do Mês – Bruno Vitorino

O paciente apresentou-se na clínica com uma degradação muito avançada do seu estado de saúde oral. Apresentava muita falta de dentes principalmente na zona dos dentes posteriores, dentes fracturados principalmente ao nível do maxilar superior e com perda da dimensão do terço inferior da face (dimensão vertical).

Ver Artigo»

A nossa visão do presente e do futuro

Esta semana, convidamos os nossos seguidores a verem o vídeo do Dr. Luís Pinheiro, onde irá ser abordada a visão do presente e do futuro da Clínica CERO. Eis os principais pontos que irão ser destacados:

Ver Artigo»

CASO DO MÊS

REABILITAÇÃO ORAL EXTREMA – IMPLANTES ZIGOMÁTICOS Hoje vimos aqui apresentar um caso clínico que demonstra até onde os nossos ossos

Ver Artigo»

OS IMPLANTES ZIGOMÁTICOS

O QUE SÃO IMPLANTES ZIGOMÁTICOS? Vamos começar por nos localizarmos: Os implantes Zigomáticos têm este nome porque são implantes colocados

Ver Artigo»

CASO DO MÊS

Quando a gengiva não nos facilita a obtenção de um resultado estético previsível…. A nossa publicação de hoje tem como

Ver Artigo»

ENXERTOS ÓSSEOS – MITO VS REALIDADE

ando começamos um texto, uma comunicação ou uma palestra com uma frase chave, como a que está acima tem um propósito: – Chamar a atenção dos leitores, ou dos ouvintes. Nesta situação, a chamada da atenção não para os enxertos de osso em si, porque eles existem…

Ver Artigo»